Greve dos vigilantes deixa bancos sem funcionar em várias cidades do RJ

Categoria, no entanto, não soube informar a quantidade de agências fechadas

iG Rio de Janeiro |

Os vigilantes do Estado do Rio de Janeiro iniciaram uma paralisação nesta segunda-feira (12) em várias cidades fluminenses. De acordo com o Sindicato da categoria, em razão da greve, muitas agências bancárias não tiveram expediente hoje mas a entidade não soube informar a quantidade.

Segundo a categoria, no município de Itaguaí,na Baixada Fluminense, das 15 agências, apenas duas funcionaram. Já nas cidades de Nilópolis e Mesquita, na mesma região, o sindicato informou que nenhuma agência abriu hoje em razão da greve.

Em Nova Iguaçu, também na baixada, 98% dos bancos não tiveram expediente, de acordo com a entidade que representa os vigilantes.

Em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminese, os bancos funcionaram com apenas um vigilante, segundo informou o sindicato.

Na capital, os vigilantes percorreram agências da avenida Rio Branco, no centro, para fortalecer a greve, mas o sindicato não soube informar se os bancos fecharam. De acordo com a entidade, houve agências que não abriram em Campo Grande, na zona oeste.

Em Nova Friburgo, na Região Serrana, de acordo com a categoria, algumas agências também não abriram hoje.

Os vigilantes decidiram entrar em greve até que até que as negociações envolvendo a campanha salarial 2012/2013 avancem. Segundo a categoria, as empresas não teriam comparecido às duas mesas redondas marcadas pelo Ministério do Trabalho nos dias 16 e 29 de fevereiro

A categoria reivindica aumento salarial de 10%, tiquete refeição de R$ 16,50 com desconto que iria de 20 para 5%, além de plano de saúde para os vigilantes e dependentes


    Leia tudo sobre: vigilantesgreveRiobancos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG