Grávida é morta após consumir drogas encomendadas por traficantes

Corpo de jovem de 22 anos foi achado hoje em uma favela de Niterói (RJ). Ela foi buscar a droga no Rio e consumiu os entorpecentes

iG Rio de Janeiro |

Uma jovem de 22 anos, que estava grávida de sete meses, foi assassinada por traficantes do morro do Preventório, em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro. O corpo foi achado nesta quarta-feira (13).

Segundo a polícia, ela foi morta porque consumiu drogas que teriam que ser entregues aos criminosos. Foi assassinada a pauladas.

Thaila de Oliveira Braga dos Santos estava desaparecida desde a última quinta-feira (7). Segundo a polícia, ela foi encarregada de entregar cerca de 1 kg de cocaína e maconha aos bandidos da favela. A jovem buscou as drogas no Rio. Entretanto, ela consumiu os entorpecentes.

Os traficantes sequestraram Thaila, questionaram sobre a droga. Ela confirmou ter consumido o material e acabou morta.

A polícia fez várias incursões no Preventório para encontrar o corpo da jovem mas somente na tarde de hoje conseguiu localizá-lo. O cadáver estava dentro de uma cisterna em um local de difícil acesso no morro. Junto ao corpo, foi achado um pedaço de madeira com pregos, instrumento que foi usado no crime.

Thaila não trabalhava e, segundo a polícia, tinha um namorado que está preso. Ela era prima de um PM que mora na favela.

Rocinha

O caso de Thaila é parecido com o que aconteceu com a modelo Luana Luana Rodrigues de Souza, de 20 anos e a amiga dela, Andressa de Oliveira, de 25 anos.

Segundo a Polícia Civil, as duas foram mortas por traficantes da favela da Rocinha, na zona sul da capital. O crime ocorreu porque Luana teria perdido uma carga de haxixe avaliada em cerca de R$ 30 mil que seria transportada entre a Rocinha e o Morro de São Carlos, no Estácio, região central.

Andressa estaria com ela no dia do fato e acabou assassinada também. Os corpos, no entanto, ainda não foram encontrados.

    Leia tudo sobre: grávidaassassinadatraficantesRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG