R$ 70 milhões irão para o Estado, R$ 10 milhões para Nova Friburgo, R$ 7 milhões para Teresópolis e R$ 5 milhões para Petrópolis

selo

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, afirmou nesta sexta-feira que a presidente Dilma Rousseff determinou a liberação de R$ 100 milhões para o Estado do Rio de Janeiro e os municípios fluminenses atingidos pelas fortes chuvas nesta semana. 

Do total, R$ 70 milhões serão direcionados para o Estado do Rio, R$ 10 milhões para o município de Nova Friburgo, R$ 7 milhões para Teresópolis, R$ 5 milhões para Petrópolis e o restante para as demais cidades afetadas. "Os recursos estão sendo disponibilizados hoje, e 50% já estarão nas contas do Estado e dos municípios na segunda-feira", disse Bezerra. 

Segundo ele, o dinheiro liberado servirá para apoiar as medidas de socorro e emergência realizadas nas áreas atingidas, além da limpeza de ruas, bueiros e reparos em pontes e estradas. Bezerra disse ainda que a presidente Dilma também determinou que, a partir de segunda-feira, os trabalhadores do municípios em estado de calamidade pública poderão sacar do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) até R$ 5.400,00, equivalentes a 10 salários mínimos. 

De acordo com o ministro, o governo também estuda liberar até a próxima terça-feira a repactuação de financiamentos e a liberação de novos créditos para empresários da região via Banco do Brasil. Ele explicou que a Região Serrana do Rio é um polo hortifrutigranjeiro, além de também concentrar várias indústrias do ramo de lingerie. "Daremos todo o apoio às atividades rurais e industriais da região", afirmou o ministro. 

Segundo Bezerra, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, determinou nesta sexta-feiraa criação de um comando unificado para as operações desempenhadas pelas Forças Armadas em colaboração com as equipes da Defesa Civil para atender às regiões afetadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.