Governo do Rio anuncia reajuste de 5,58% para os bombeiros

Proposta atenderá também PMs, policiais civis e agentes penitenciários a partir de julho. Governo cria Secretaria da Defesa Civil

iG Rio de Janeiro |

O governo do Rio de Janeiro anunciou nesta quinta-feira (9) que bombeiros, PMs, policiais civis e agentes penitenciários terão um reajuste salarial de 5,58% a partir de julho.

Segundo nota divulgada pela administração estadual, o governo enviou mensagem à Assembleia Legislativa (Alerj) antecipando de dezembro para o mês que vem o reajuste salarial destas categorias.

O governo informou ainda que, somando os reajustes concedidos entre janeiro e junho deste ano, as categorias passam a acumular 11,5% de aumento salarial em 2011.

De acordo com o governo fluminense, o reajuste vai atender a todos os 16.202 bombeiros da ativa, 5.018 aposentados e 1.592 pensionistas. Na PM, o aumento vai beneficiar os 39.775 PMs da ativa, 20.445 aposentados e 13.175 pensionistas.

Na Polícia Civil, atenderá a 9.254 ativos 5.232 aposentados e 9.688 pensionistas. Em relação aos agentes penitenciários, 4.329 da ativa, 1.328 aposentados e 1.238 pensionistas serão beneficiados.

O governo informou ainda que os reajustes causarão um impacto de R$ 323 milhões no caixa do Estado. O total de servidores reajustados é de 127.276, sendo 69.560 ativos, 32.023 aposentados e 25.693 pensionistas.

Quando iniciaram as manifestações da última sexta-feira (3) que culminaram com a invasão ao Quartel-Central da corporação, os bombeiros pleiteavam um piso salarial líquido de R$ 2 mil em vez dos atuais R$ 950. Ontem, associações ligadas à categoria informaram que encaminhariam ao governo uma proposta única de piso de R$ 2.900.

Criação de nova pasta

A administração estadual anunciou também nesta quinta-feira a criação da Secretaria de Estado de Defesa Civil. O titular será o atual comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Sérgio Simões. Até então, os bombeiros estavam subordinados à Secretaria Estadual de Saúde e Defesa Civil.

    Leia tudo sobre: bombeirosaumento salarialRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG