Garoto de 11 anos morre atingido por bala perdida no Rio

Policiais trocaram tiros com traficantes que seriam do morro da Pedreira. Operação da PM já tem pelo menos 6 mortos

Bruna Fantti e Daniel Gonçalves, especial para o iG |

Wesley Rodrigues de Oliveira, de 11 anos, morreu ao ser atingido no tórax por uma bala perdida na manhã desta sexta-feira (16), no Centro Integrado de Educação Pública (Ciep) Rubens Gomes, em Barros Filho, zona norte do Rio de Janeiro. A informação é da Secretaria Municipal de Educação. O menino chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, mas não resistiu ao ferimento. A Polícia Militar confirmou que homens do 9º Batalhão (Rocha Miranda) trocaram tiros com bandidos que seriam do morro da Pedreira, em Costa Barros.

A Polícia Civil informou que agentes da Divisão de Homicídios foram até o Ciep Rubens Gomes para periciar o local. Eles vão analisar as circunstâncias em que Wesley foi baleado e tentar identificar de onde partiu o disparo.

Segundo a Polícia Militar, a operação foi realizada com objetivo de verificar informação por meio do disque denúncia sobre atuação de criminosos nas imediações da Estrada do Camboatá e da avenida Pastor Martin Luther King.

Ainda de acordo com a PM, a Corregedoria da corporação também vai apurar a morte do estudante. Os bandidos seriam do morro da Pedreira, em Costa Barros, nas proximidades. Segundo a corporação, até agora são pelo menos 6 mortos, 4 presos, além da apreensão de 6 armas (1 carabina .30, 1 submetralhadora, 3 pistolas e 1 revólver), 8 motos, 9 máquinas de caça-níqueis e drogas.

    Leia tudo sobre: Bala perdidapolíciaoperaçãotráfico de drogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG