Funcionário de hospital é denunciado por estupro no Rio

Ato teria ocorrido durante visita de rotina de madrugada. A vítima estava sem condições de defesa

AE |

Um técnico em enfermagem foi denunciado na semana passada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro por estupro de vulnerável em um hospital de Petrópolis, no Rio de Janeiro. Segundo o MP, o funcionário praticou atos libidinosos em uma paciente que estava internada no Hospital Casa da Providência, no bairro de Valparaíso.

De acordo com a promotora de Justiça Maria de Lourdes Féo Polônio, o ato ocorreu em abril de 2010, durante uma visita de rotina de madrugada. O auxiliar entrou no quarto sob o pretexto de acompanhar o quadro da enferma, que estava vulnerável, sem condições de defesa. "O MPRJ está atento para casos como este e, todas as vezes que tomar ciência, os envolvidos serão responsabilizados. A sociedade pode ficar tranquila, pois o enfermeiro não sairá impune", afirmou a promotora.

A pena em caso de condenação pelo crime, que é hediondo, é de 8 a 15 anos de prisão em regime fechado.

    Leia tudo sobre: violênciaestuprohospitalrio de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG