Flores homenageiam vítimas em frente à escola Tasso da Silveira

Doze vasos de flores, além de velas e cruzes com os nomes das vítimas foram colocados no local da tragédia

iG Rio de Janeiro |

Guto Maia/Futura Press
Homenagem em frente à escola Tasso da Silveira
A Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na zona oeste do Rio de Janeiro amanheceu nesta sexta-feira (8) com 12 vasos de flores na frente ao local, em homenagem às vítimas do ataque que aconteceu na manhã de ontem. Além dos vasos, populares também levaram, durante a noite, cruzes com os nomes dos mortos e acenderam velas na porta da escola, que permanece fechada.

Helio Motta
Thiago Motta,14 anos, em homenagem a amiga
Na porta da unidade, há um cartaz com os horários do enterro, além dos horários dos ônibus que vão sair de frente da escola para conduzir as pessoas que quiserem acompanhar os sepultamentos.

De acordo com a Polícia Militar, o ex-estudante da instituição Wellington Menezes de Oliveira, de 24 anos, invadiu o local por volta das 8h e disparou contra alunos.

Segundo o Corpo de Bombeiros, entre os mortos estão dez meninas, dois meninos e o autor dos disparos. Os feridos - dez meninos e três meninas - foram encaminhadas para o Hospital Estadual Albert Schweitzer, Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, Hospital Universitário Pedro Ernesto, Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia e Hospital Central da Polícia Militar.

A direção da escola informou que o homem - que era um ex-aluno - se passou por um palestrante para entrar na instituição de ensino. A escola está completando 40 anos e alguns ex-alunos têm ido ao local dar depoimentos aos atuais estudantes. Segundo testemunhas, Wellington estava com duas armas e munição profissional.

    Leia tudo sobre: vítimasviolênciatasso da silveira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG