Fiscalização de bueiros do Rio deve começar em dez dias

Escolha da companhia que vai realizar a inspeção será acompanhada pelo Crea-RJ

AE |

selo

Mônica Imbuzeiro/Agência O Globo
Cariocas estão apreensivos com a possibilidade de mais bueiros explodirem
A empresa que fiscalizará os bueiros do Rio de Janeiro deve começar os trabalhos em dez dias. A escolha da companhia será acompanhada pelo Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea-RJ). A entidade vai indicar firmas aptas à avaliação das caixas subterrâneas. Já a contratação da empresa caberá à prefeitura.

Na segunda-feira (11), representantes do governo do Estado, prefeitura, Ministério Público Estadual e Crea-RJ se reuniram e elaboraram um acordo de cooperação técnica.

Segundo a secretaria municipal de Conservação, a empresa escolhida será contratada sem a necessidade de licitação, em caráter emergencial, pelo prazo de seis meses, prorrogáveis por mais seis.

Antes que comece a fiscalização dos bueiros, o Crea-RJ vai elaborar um termo de referência com todas as obrigações da companhia contratada.

Esta semana, técnicos do conselho devem realizar nova vistoria em bueiros da zona sul do Rio, para verificar se há riscos de explosão. Na sexta-feira (8), foram vistoriadas 21 caixas subterrâneas no centro do Rio. Segundo o Crea-RJ, em sete delas foi constatado que haverá uma explosão, caso alguma centelha fosse acesa no bueiro.

    Leia tudo sobre: lightbueirosexplosõescegcrea

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG