Fim de semana violento deixa 11 mortos no Rio

Confrontos entre policiais e suspeitos acabam com 6 mortos no Complexo da Maré e 5 na Vila da Penha

iG São Paulo |

O final de semana foi marcado pela violência no Rio de Janeiro. Uma perseguição, por volta das 21h de domingo, deixou cinco mortos na Avenida Brás de Pina, altura da Estrada da Água Grande, na Vila da Penha, subúrbio da cidade.

Conforme a Polícia Militar, policiais estavam em patrulhamento quando avistaram um carro Chevrolet vermelho, que teria sido roubado. Ao verem a polícia, os suspeitos teriam começado a atirar. Uma base da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) do Rio foi atingida, mas ninguém ficou ferido.

Na tentativa de fuga, o motorista do Chevrolet colidiu com um Peugeot prata. Os ocupantes do veículo tentataram fugir a pé, mas foram baleados. A polícia afirma que eles foram socorridos ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, mas não resistiram aos ferimentos e morreram.

Complexo da Maré

Mais cedo, uma grande operação no Complexo da Maré, bairro que reúne varias favelas da zona norte do Rio, deixou seis pessoas mortas.

Segundo a polícia, cerca de 250 homens foram fazer uma varredura na região, por volta das 6h, na tentativa de encontrar provas para incriminar uma quadrilha que controla a venda de drogas na região e promove assaltos a motoristas de carros e motos nos arredores da Ilha do Governador e Bonsucesso. Quando os policiais chegaram, eles foram recebidos com tiros.

Entre os mortos durante o confronto está o traficante Alessandro Francelino dos Santos, conhecido como Pitoco. Ele era acusado de ser o assassino de André Alexandre Azevedo, o André Az, repórter fotográfico do jornal "O Dia", morto em fevereiro do ano passado, numa tentativa de assalto na Avenida Brasil. Um morador também foi vítima de uma bala perdida.

Por causa da troca de tiros, o trânsito chegou a ser interditado na Linha Vermelha, no sentido centro, e os motoristas tiveram que utilizar a Avenida Brasil – a principal ligação entre as zonas norte e oeste e o centro da cidade.

De acordo com a polícia, a ação acabou com a prisão de cerca de 20 suspeitos. Além disso, foram apreendidas quatro granadas, 1,5 mil papelotes de cocaína, 6 quilos de maconha, pistolas, três fuzis, 25 motos, dez carros roubados e até uma toca de ninja.

Veja imagens da operação policial no Rio:


*Com informações das agências Estado e Brasil

    Leia tudo sobre: rio de janeirotiroteioperseguiçãoviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG