Faro policial experiente com apenas seis anos de idade

Seção de cães da Core ajuda a localizar drogas em ações da Polícia Civil. Animais são treinados para se acostumar ao som de tiros

iG Rio de Janeiro |

Fabrizia Granatieri
Audrey e Rei, especialista em encontrar drogas, são da seção de Operações com Cães, da Core
Rei tem só seis anos, mas já é policial, desde pequenininho. O labrador campeão de faro é um dos seis cachorros da Seção de Operações com Cães (SOC) da Core. A especialidade de Rei e dos outro quatro cães do grupo é a busca de entorpecentes.

Apesar de o símbolo da seção ser a imagem de um Rottweiller, todos os cães são labradores, mesma raça de Rei.

A “dona” dele é Audrey Alves, inspetora, na unidade desde que foi criada, há seis anos.

“Eu o levo para casa desde novinho. Eles operam com qualquer policial, mas acabam tendo mais afinidade com algum. O Rei é muito ligado comigo", explica Audrey. 

Os cães da Core são treinados a todo momento para se acostumarem a situações de estresse e até de tiroteios, caso precisem ser usados em operações em favelas, por exemplo. “Na nossa sala, é cheio de estalinhos, treinamos entrar em blindado, elevador. A gente os leva para estande de tiros. Eles não saem correndo nem entram em pânico”, explica Audrey.

Os cães atuam especialmente em operações programadas. Há uma semana, Rei foi chamado para uma busca e apreensão no apartamento de um colombiano, suspeito de tráfico, em Copacabana.

“Os policiais já estavam lá havia um tempo e não estavam encontrando nada. Em 15 segundos, Rei encontrou cápsulas de cocaína em no alto de um móvel.”

    Leia tudo sobre: faropolicialseis anosexperienteCore

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG