Famílias das vítimas em escola recebem carta da presidenta Dilma

Na mensagem, Dilma se solidariza na condição de mãe e avó

Priscila Bessa, iG Rio de Janeiro |

Fabrizia Granatieri
Imagem da carta da presidenta Dilma Rousseff às famílias das vítimas da escola de Realengo
Três agentes do Governo Federal entregam nesta terça-feira (12) uma carta da presidenta Dilma Rousseff às famílias das crianças mortas por Wellington Menezes de Oliveira, na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, zona oeste do Rio.

Na mensagem, redigida em papel timbrado, Dilma presta sua solidariedade aos familiares das vítimas. “Sei que não há qualquer palavra que possa reduzir vossa dor. É terrível que crianças indefesas possam perder seu futuro num momento de tamanha violência”, diz um trecho da carta.

Em outra parte da mensagem, a presidenta se dirige às famílias nas condições de mãe e avó. “Permitam, mesmo que por um instante, dividir com vocês esse momento de perda e angústia”, completa Dilma.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG