Família de rapaz que atropelou Rafael deixa delegacia

Roberto Martins Bussamra e o filho Guilherme Bussamra foram ouvidos por cerca de duas horas pela delegada

AE |

selo

Um dia depois de o funileiro Paulo Sérgio Gentile Muglia ter contado à polícia que a família de Rafael Bussamra levou o Siena à oficina Grandes Amigos, pedindo pressa no conserto do veículo, o pai e o irmão do rapaz, que matou e atropelou Rafael Mascarenhas, foram chamados à delegacia para esclarecer se tentaram ocultar as avarias do carro.

Roberto Martins Bussamra e o filho Guilherme Bussamra chegaram à 15ª Delegacia de Polícia acompanhados de um advogado, às 9h50. Eles foram ouvidos separadamente pela delegada Bárbara Lomba por cerca de seis horas. O teor dos depoimentos não foi divulgado pela polícia. Roberto e Guilherme não falaram com os repórteres. O advogado Spencer Levi informou que a família divulgará uma nota nos próximos dias.

A oficina para a qual o Siena foi levado para conserto fica em frente à casa da família Bussamra, em Quintino, zona norte. Muglia não foi trabalhar nesta sexta-feira, mas contou a vizinhos que teve problemas com o seu depoimento à polícia. "O Paulo disse que o Roberto ficou chateado por ele ter ido à polícia e contado os detalhes do conserto", disse uma vizinha.

O funileiro contou aos policiais que encontrou o carro na porta da oficina quando chegou para trabalhar, horas depois do atropelamento. Mais tarde, por volta das 10 horas, Roberto Bussamra teria ligado, pedindo que apressasse o conserto, pois precisava do carro para trabalhar. Uma hora após, o pai teria ligado novamente, pedindo para interromper o trabalho.

Na rua, poucos vizinhos falam sobre o ocorrido. "Não quero entrar nesta briga, mas o pai do Rafael não tentou esconder nada. Ele precisava do carro para trabalhar, mas apresentou o filho na delegacia quando soube da gravidade", defendeu uma vizinha.

Homenagem

Pela tarde, amigos de Rafael Mascarenhas fizeram uma homenagem para o rapaz na Praia de Ipanema. Emocionados, fizeram uma roda na areia e depois lançaram a prancha de surf de Rafael ao mar. As imagens vão ao ar no programa Geleia do Rock, do canal Multishow, do qual Rafael participava.

Os filhos mais velhos de Cissa Guimarães, João e Thomaz, têm se revezado para ficar com a mãe no apartamento em que ela vivia com Rafael. "Ela não quer saber dessa parte judicial, não decidiu o que fazer com as cinzas, ela só está chorando a morte do filho", disse Lara Velho, filha de ator Paulo Cesar Pereio, ex-marido e pai dos filhos mais velhos de Cissa Guimarães.

    Leia tudo sobre: Rafael MascarenhasatropelamentoBussamra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG