Estudante é encontrado morto na piscina de faculdade

Suspeita é de que ele tenha praticado apneia; perícia será realizada na piscina nos próximos dias

iG Rio de Janeiro |

O estudante de Educação Física Vinícius Baista Marques Cardoso, de 20 anos, morreu, na tarde dessa quinta-feira (31), na piscina da Universidade Castelo Branco, em Realengo, na zona oeste da cidade. Há a suspeita de que o estudante praticava apneia - ação de prender a respiração embaixo da água. Bombeiros foram acionados e tentaram reanimar a vítima, mas não conseguiram.

Cardoso foi encontrado por um outro estudante que percebeu o corpo boiando dentro da piscina e uma mancha de sangue na água. O jovem que morreu estaria sozinho pois também trabalhava como guardião da piscina.

De acordo com a polícia, uma perícia será realizada no local e representantes da faculdade serão chamados a depor, pois testemunhas teriam afirmado que o corpo somente foi retirado da água pelos bombeiros. Em redes sociais, estudantes acusam a universidade de negligência.

O corpo do estudante será sepultado às 16h da tarde desta sexta-feira (1), no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na zona oeste.

    Leia tudo sobre: acidentepiscinacastelo branco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG