Espaço aéreo próximo à Rocinha será fechado no próximo domingo

Segundo órgão da Aeronáutica, circulação de aeronaves estará proibida entre 0h e 16h devido à operação policial na comunidade

iG Rio de Janeiro |

Agência Estado
Favela da Rocinha com o mar da praia de São Conrado ao fundo
O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) da Aeronáutica informou nesta quinta-feira (10) que, da meia-noite às 16h do próximo domingo (13), estará proibida a circulação de aeronaves nas proximidades da favela da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro, em razão da provável operação que a polícia fará na comunidade para iniciar a futura implantação de uma UPP (Unidade de Polícia Pacificadora).

Leia também : Marinha vai atuar na ocupação da favela da Rocinha

Segundo informações da assessoria de comunicação social do Decea, apenas aeronaves envolvidas diretamente na operação poderão circular pelo local.

O limite de restrição de voos, segundo o órgão, será de um raio de 2,8 km na região da Pedra da Gávea e de uma altura de até 900 metros a partir da superfície. O Decea não soube informar de quem foi o pedido para a restrição.

A Secretaria de Segurança Pública não confirma oficialmente que a Rocinha começará a ser ocupada no domingo mas, em entrevista hoje, na Alemanha, o secretário José Mariano Beltrame, disse que a polícia está pronta para ocupar a comunidade da Rocinha "a qualquer momento", mas ainda precisa "esperar mais alguns resultados.

Beltrame afirmou que a operação que resultou na prisão do chefe do tráfico na Rocinha, Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, vai resultar em informações com as quais a polícia ainda precisa trabalhar antes de subir o morro. "Precisamos esperar. Não concluímos efetivamente tudo o que queremos", disse Beltrame.

"A polícia ainda está nas ruas e nós temos que aguardar o reflexo disso em outros locais, dentro da própria Rocinha e a movimentação da facção".

    Leia tudo sobre: ocupação da rocinhaespaço aéreo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG