Enterrado corpo de idoso baleado após entrar em favela por engano

Vítima teve que ser transferida de hospital porque não havia vaga em UTI

iG Rio de Janeiro |

O corpo do idoso baleado após entrar por engano em uma favela no Rio foi enterrado na tarde desta segunda-feira (17) no cemitério de Irajá, zona norte da capital fluminense. Valdemiro Lázaro dos Santos, de 74 anos, seguia de carro para Pavuna na noite da última sexta-feira (14) quando errou o caminho e entrou no Morro do Chapadão, em Costa Barros.

Leia também: Morre jovem que percorreu hospitais em busca de atendimento

Traficantes teriam cercado o veículo e efetuaram disparos. Valdemiro foi atingido nas costas e as outras duas pessoas que estavam no automóvel ficaram feridas por estilhaços.

Ferido, o idoso foi levado para o Hospital Estadual Carlos Chagas, no bairro de Marechal Hermes, onde passou por uma operação. A unidade, no entanto, não possuía vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para receber o paciente, após a cirurgia.

Parentes relatam que Valdemiro teve que esperar por horas à espera da transferência para outra unidade. Horas depois, apenas com um mandado judicial, o paciente foi encaminhado para o Hospital Estadual Alberto Torres, no município de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, a mais de 50 km de distância da primeira unidade.

Procurada pela reportagem, a Secretaria Estadual de Saúde informou que o idoso chegou ao Hospital Estadual Carlos Chagas em estado grave, com perfuração no intestino e hemorragia interna, e foi prontamente atendido pela equipe de plantão.

Como a UTI estava totalmente ocupada por pacientes em estado grave, após a operação, ele foi levado para a “sala vermelha” da unidade. O ambiente, segundo a secretaria, possui todos os equipamentos necessários para manter a vida do paciente no pós-operatório.

A central de regulação, que controla os leitos disponíveis em hospitais públicos, foi contatada e a primeira vaga surgiu no Hospital Estadual Alberto Torres. De acordo com a secretaria, Valdemiro foi transferido para a unidade em uma ambulância com UTI móvel e, já no hospital, sofreu uma parada cardiorrespiratória.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG