Empresária é presa acusada de participar de sequestro-relâmpago

Dona de uma loja em um shopping na zona oeste e designer de moda obrigou idosa a sacar R$ 40 mil

Bruna Fantti, especial para o iG |

Futurapress
A empresária e designer de moda, Flávia Pinheiro, foi presa acusada de participar de um sequestro-relâmpago
Policias civis da delegacia de Icaraí (77°DP) prenderam, nesta terça-feira (19), uma empresária e designer de moda no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio. Ela é suspeita de praticar sequestro-relâmpago há quinze dias contra uma idosa de 79 anos.

A empresária foi identificada como Flávia Machado Pinheiro, de 36 anos, e teria abordado a vítima em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro.

Segundo os policiais, ela obrigou a idosa a sacar cerca de R$ 40 mil em um banco na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.

Durante toda a ação, um homem, que não teve o nome divulgado, teria ajudado no crime. Ele está foragido.

Ainda de acordo com os agentes, sua identificação foi possível a partir das filmagens do circuito interno de câmeras do banco e do depoimento do gerente que autorizou o saque.

A empresária reside em um apartamento de luxo no Recreio e é dona de uma loja de roupas em um shopping na Barra da Tijuca.

    Leia tudo sobre: SEQUESTRO-RELÂMPAGO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG