Em 2,5 meses, chuva no Rio quase atinge média anual

No período, cidade de Nova Friburgo registrou índice superior ao total do ano

AE |

selo

Nos últimos dois meses e meio, o volume de água que atingiu a região serrana do Rio de Janeiro foi quase igual ao total da média anual. De novembro do ano passado até o último sábado, a cidade de Nova Friburgo, por exemplo, registrou 1.189 milímetros de chuva, sendo que a média anual é de 1.246 mm. "Do início deste mês até o dia 15, choveu aproximadamente 400 mm, 110% acima da média normal", diz a meteorologista Josélia Pegorim, da Climatempo.

Janeiro sempre foi o mês do ano com o maior volume de água. Mas o Sudeste do País está sob a influência da Zona de Convergência do Atlântico Sul, um dos fenômenos climáticos que potencializam as precipitações.

O professor Augusto José Pereira Filho, do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo (USP), explica que a tendência de chuvas intensas deve perdurar, pois os meses de janeiro têm se mostrado mais chuvosos a cada ano. "Isso pode ser atribuído não às mudanças climáticas globais, mas às mudanças antrópicas nas cidades." O processo de urbanização das grandes e médias cidades contribui para a formação de ilhas de calor e de pancadas de chuvas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: NACIONALGERAL

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG