Ecstasy vindo da Inglaterra foi vendido no Rio durante o carnaval, diz polícia

Dois suspeitos de participar do esquema foram presos. Rocinha era o ponto de distribuição da droga na cidade

iG Rio de Janeiro |

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu nesta sexta-feira (24) dois suspeitos de integrar uma quadrilha que vendeu na capital fluminense ecstasy vindo da Inglaterra durante o carnaval.

Segundo as investigações, após deixar o país europeu, a droga passava por Brasília até chegar ao Rio. Na capital fluminense, o ecstasy ia para a favela da Rocinha, em São Conrado, na zona sul e, dali, distribuída para outros pontos da cidade.

Na favela, foi preso um suspeito. Ele estava de posse de R$ 65 mil além de grande quantidade de maconha. No aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), foi preso outro homem, vindo de Brasília, que veio ao Rio receber R$ 150 mil pelo ecstasy vendido durante o carnaval.

Os policiais ainda tentam capturar um outro morador da Rocinha, que estaria de posse de R$ 100 mil, fruto da venda da droga no Rio.

    Leia tudo sobre: tráfico internacionalecstasyRocinhaRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG