'É a luta de pessoas do bem contra o mal', diz secretário do Rio

Secretário de segurança diz que moradores estão livres da dominação de traficantes

Bruna Fantti. iG Rio de Janeiro |

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, afirmou que com a operação para a implantação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na Rocinha , na zona sul do Rio, a população local já pode se sentir livre da subjugação a traficantes.

Usando um tom maniqueista, o secretário definiu a operação como “a luta de pessoas do bem contra o mal”, e disse que ela só foi possível devido à “quebra do jogo do crime e do fuzil”.

Beltrame ressaltou a ação combinada entre as forças policias do Estado e da federação. “Ocupamos sem disparar um tiro, sem derramar uma gota de sangue. E isso só foi possivel ao trabalho integrado entre as polícias”.

Em relação a efetiva implantação da UPP na comunidade, Beltrame disse que o prazo só será definido após definição do comando unificado. “Homens do Bope e do Choque vão continuar ocupando o terreno, que é imenso. Após isso, será feito um estudo e definido o prazo”.

Fabrizia Granatieri
O comandante geral da PM, Erir da Costa, o secretário Beltrame e chefe da Polícia Civil, Marta Rocha

    Leia tudo sobre: RocinhaVidigalOperação choque de paz

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG