Segundo a polícia, comercialização desses produtos só é permitida para maiores de 18 anos

Policiais da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) prenderam na quarta-feira (1) uma dupla, identificada como Jose Carlos Moreira Werneck Júnior, de 19 anos, e Michele Vieira Teixeira da Silva, 31, suspeita de vender solventes para menores de rua em um estabelecimento no Centro do Rio de Janeiro. Três adolescentes foram apreendidos na ação.

Segundo a polícia, só é permitia a venda de solventes, removedores de tinta e produtos de cola à base de solventes aromáticos tóxicos, para maiores de 18 anos. A mulher vai responder por venda ilegal de substância nociva a saúde pública. A pena pode chegar a três anos de prisão com multa. Já o homem vai responder pelo fornecimento do material, com pena de dois a quatro anos de detenção.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.