Duas pessoas morrem ao entrar por engano em favela no Rio

Grupo de amigos havia saído de uma casa de shows na Baixada Fluminense e errou o caminho ao entrar na Favela do Acari

AE |

selo

Um policial militar e o amigo dele morreram depois que entraram por engano de carro na Favela Acari, na zona norte do Rio, na madrugada de hoje. De acordo com a versão de sobreviventes, dois policiais militares à paisana acompanhados por dois amigos saíram de uma casa de shows na Baixada Fluminense e erraram o caminho.

Baleados, o cabo Carlos Luiz, do 6º Batalhão de Polícia Militar da Tijuca, o office boy Diego Alves de Araújo, de 26, morreram na hora. Eduardo Guimarães Monteiro, 27 anos, lotado no 15º Batalhão de Polícia Militar de Duque de Caxias, fugiu mesmo ferido. Ele foi levado ferido para o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, onde foi operado. Adriano Carvalho de Araújo, de 27, outro amigo que acompanhava os policiais, também foi atendido. O carro usado por eles ficou crivado por marcas de tiros.

    Leia tudo sobre: crime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG