Doze horas depois, novo arrastão é realizado em mesma via do Rio

Desta vez, assaltantes levaram pertences de quatro motoristas

iG Rio de Janeiro |

Quatro homens armados fizeram um novo arrastão na manhã desta quarta-feira no Elevado Paulo de Frontin, no Rio Comprido, zona norte do Rio. O crime ocorreu cerca de 12 horas depois de assaltantes terem promovido uma ação semelhante na mesma via na noite de ontem.

De acordo com a Polícia Militar, os bandidos aproveitaram um congestionamento no local e assaltaram os motoristas, por volta das 7h30. Segundo a corporação, pelo menos, quatro motoristas tiveram pertences roubados na descida do elevado para a Praça da Bandeira.

Dois carros foram abandonados na via. A polícia não soube informar, no entanto, se os veículos foram deixados pelos criminosos ou pelas vítimas. Os assaltantes conseguiram fugir e ninguém ficou ferido. A ocorrência foi registrada na 6ª DP (Cidade Nova).

12 horas antes

No início da noite de terça-feira, um arrastão feito por cinco homens armados assustou motoristas no Elevado Paulo de Frontin,na saída do Túnel Rebouças. De acordo com a polícia, um carro, a chave de outro veículo e objetos de cinco motoristas foram roubados.

A ação criminosa teve início por volta das 19h. Os assaltantes abordaram um motorista que dirigia um Zafira, retiraram a chave e utilizaram o carro para bloquear uma das pistas do elevado.

Durante o crime, que, segundo vítimas, durou aproximadamente 15 minutos, os bandidos levaram celulares, relógios, carteiras e um Peugeot 407. Na fuga, os criminosos deixaram na via o Ford Focus que dirigiam.

Agência O Globo
Ford Focus abandonado no local pelos criminosos e levado para a 6ª DP

Violência

A onda de arrastões registrada nas últimas semanas na Região Metropolitana do Rio tem assustado motoristas e pedestres. No domingo, homens a bordo de um Meriva interditaram a Via Dutra , na altura do município de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, para assaltar quem passava pelo local.

De acordo com a PM, agentes que faziam ronda nas imediações fizeram um cerco ao local e conseguiram prender um homem que portava uma granada. Os demais assaltantes fugiram. O Meriva foi abandonado no meio da pista e ocasionou um congestionamento de cinco quilômetros até ser removido.

    Leia tudo sobre: arrastãoviolênciaassalto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG