Djalma Beltrami é solto novamente

O ex-comandante do batalhão de São Gonçalo é acusado de envolvimento com o tráfico e milícias

AE |

selo

Agência O Globo
O comandante do batalhão de São Gonçalo (7°BPM) Djalma Beltrami (blusa listrada)havia sido preso na quinta
Ex-comandante do 7º Batalhão da Polícia Militar do Rio, em São Gonçalo, o coronel Djalma Beltrami foi solto novamente ontem depois de ter sido preso pela segunda vez em menos de um mês. O desembargador Antonio Carlos Bitencourt havia concedido um habeas corpus ao oficial na noite de sexta.

Leia também: Denúncia do MP traz novas acusações contra Djalma Beltrami

Juiz de futebol aposentado, Beltrami é acusado pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Estado de ter recebido propina de traficantes. Para o desembargador, as acusações "continuam no perigoso terreno da suspeita". Beltrami foi preso na quinta-feira e deixou o Quartel General da PM por volta das 3 horas de ontem. A primeira prisão do coronel havia ocorrido em 19 de dezembro, quando ele ainda comandava o 7º BPM. Na PM há 27 anos, Beltrami negou as acusações de corrupção.

Confira também: Ouça áudio com escutas em que PMs aparecem negociando com traficantes

    Leia tudo sobre: políciadjalma beltrami

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG