Disque-Denúncia oferece recompensa por mulher suspeita de comandar tráfico

Informações sobre Deise Mára Rodrigues, que estaria à frente da favela Vila Vintém, na zona oeste do Rio, valem R$ 2 mil

iG Rio de Janeiro |

Divulgação
Deise é mulher do traficante Celsinho da Vila Vintém e é suspeita de dois homicídios
O Disque-Denúncia está oferecendo uma recompensa de R$ 2 mil por informações que levem à prisão de Deise Mára de Sousa Rodrigues, a Deise da Vila Vintém, suspeita de chefiar o tráfico de drogas na Vila Vintém, na zona oeste do Rio de Janeiro. A comunidade é reduto de seu marido, Celso Luiz Rodrigues, o Celsinho da Vila Vintém, um dos líderes da facção criminosa Amigos dos Amigos (ADA) e preso desde 2002.

Deise, teve sua prisão preventiva decretada pelo crime de homicídio qualificado, e desde o dia 25 de maio de 2011 é considerada foragida da justiça. Ela é suspeita de matar dois homens que acreditava planejar um 'golpe de estado' (tomada de poder) na favela.

Em 2009, ela passou a participar de forma mais efetiva do tráfico, quando o então responsável era o traficante Marcus Vinicius Martins Vidinhas Junior, conhecido como Palhaço, ex-genro de Celsinho, foi preso.

Com liberdade de ação, a criminosa que segue as ordens de seu marido, comanda o tráfico de drogas e ordena a seus subordinados, que sejam executados todos aqueles que de alguma forma possam ameaçar sua liderança dentro da comunidade.

O Disque-Denúncia pede que quem tiver alguma informação sobre Deise Mára de Sousa Rodrigues, ligue para o Disque-Denúncia (21) 2253-1177. O anonimato é garantido. Outras informações a respeito sobre Deise estão no site www.procurados.org.br

    Leia tudo sobre: trafico de drogasfavelaRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG