Dezesseis pessoas são denunciadas por lavagem de dinheiro no RJ

Integrantes de uma quadrilha de tráfico de drogas usavam lucro da venda de drogas para abrir empresas e contas bancárias

iG Rio de Janeiro |

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro denunciou 16 pessoas envolvidas com o tráfico de drogas por lavagem de dinheiro na cidade de Resende, no Sul Fluminense.

De acordo com a denúncia, a quadrilha movimentava pelo menos dez contas bancárias em sete bancos diferentes. Além disso, lavava o dinheiro do tráfico de drogas na aquisição de carros, imóveis e empresas, que eram registrados em nomes de pessoas sem antecedentes criminais.

Entre as firmas abertas pelo bando estão uma drogaria e duas lojas de autopeças. Os suspeitos eram proprietários de quatro carros e uma motocicleta. O chefe do grupo, de acordo com a Promotoria, tem uma casa em Ubatuba, no litoral paulista.

A Justiça determinou a quebra de sigilo bancário, bloqueio das contas correntes e sequestro dos bens registrados em nome dos réus.

A quadrilha tinha vários membros de uma familia. O chefe do bando, conhecido pelo apelido de Carvoeiro ou D-1), sua mãe, chamada de Vovó do Pó, além da mulher de Carvoeiro e duas tias.

.


    Leia tudo sobre: lavagem de dinheiroriotráfico de drogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG