Departamento de Estradas e Rodagem faz balanço da Região Serrana

Há muitos trechos interditados por delizamentos, mas o departamento consegue liberar algumas vias

iG Rio de Janeiro |

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) conseguiu liberar em meia-pista parte da RJ-142 neste sábado (15), retirando 25 barreiras no trecho que liga os distritos de Muri à Lumiar, sendo assim mais uma opção de tráfego até Nova Friburgo, Região Serrana do Rio onde há centenas de mortos pelas enchentes.

O tráfego está liberado por completo no trecho da RJ-142 que liga Lumiar até Casimiro de Abreu. A novidade é que o esforço das equipes do DER-RJ na RJ-130 (via que liga Teresópolis à Nova Friburgo) e na RJ-150 (entre as cidades de Friburgo e Amparo) resultaram na liberação do tráfego em ambas, mesmo que em mais-pista em alguns pontos. Isso foi resultado do trabalho organizado em regime de plantão, com o maquinário mobilizado para atenuar a situação nessa vias estaduais da Região Serrana, próximas a Nova Friburgo.

As equipes de trabalho emergencial continuam atuando intensamente nessas vias citadas acima, assim como as viaturas do BPRv (Batalhão da Policia Rodoviária Estadual) para organizar o tráfego local.

O DER-RJ enfatiza que está trabalhando intensamente nas outras estradas atingidas pelas chuvas. Segue abaixo o novo quadro das vias que foram atingidas pelas fortes chuvas:

- A RJ-172, que faz a ligação entre Macuco e Manuel de Moraes, está liberada para trafego de veículos leves, com limitador de altura no local, para controlar o acesso a ponte na localidade de Manoel de Moraes.

- A RJ-146 ainda está interditada devido às pontes que cederam no trecho entre o município de Bom Jardim e o distrito de Barra Alegre. Estudos estão sendo feitos para solucionar a questão.

-A RJ-163 está liberada, somente para veículos leves, entre Capelinha e Visconde de Mauá, resolvendo as questões na altura do km 20, na Região do Médio Paraíba.

- A RJ-155, que liga Barra Mansa à Angra dos Reis, está com tráfego liberado, com equipes de monitoramento no local.

- A RJ-162 está funcionando apenas meia pista do Km 73 ao Km 74. Um bueiro estourou arrebentando parte do asfalto da estrada. Equipes estão no local trabalhando para liberar o trânsito. Essa rodovia liga o município de Rio das Ostras ao município de Trajano de Moraes, passando por Casimiro de Abreu e pela região serrana de Macaé.

- A RJ-194 está interrompida. O Rio Paraíba do Sul está aproximadamente 10 metros acima do nível e invadiu a rodovia numa distancia de 4 km de Gargaú.

- A RJ-134 está interditada desde a entrada do município São José do Vale do Rio Preto até a BR-116 devido a várias quedas de barreiras, além da queda de duas cabeceiras da ponte logo no início da cidade. Funcionários e máquinas trabalham na limpeza e retirada de barreira, tendo que avaliar as medidas a serem tomadas com relação à ponte e erosões de pista.

- Em São Sebastião do Alto, a RJ-176 também está interditada devido ao transbordamento do Rio Grande. Medidas de reparo emergenciais já começaram na localidade.

- A RJ-192, que liga São Fidelis à Itaocara, está com trafego normalizado, após uma pequena erosão na cabeceira da ponte, ocasionada pela elevação do Rio Grande, na localidade conhecida como Cambiasca.

Os postos de pedágios da Rota 116 em Itaboraí e Cachoeiras de Macacu estão recebendo as doações para Nova Friburgo, em uma ação rápida e eficiente, evitando que o fluxo de carros e caminhões com donativos aumentem nessa via. Maiores informações sobre a RJ-116, entrem no site: www.rota116.com.br

    Leia tudo sobre: estradasregião serranaenchente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG