Dengue já matou 133 pessoas no Rio de Janeiro este ano

Capital fluminense tem o maior número de mortes: 51

Agência Brasil |

Bia Alves / Fotoarena / Agência O Globo
Agentes mostram equipamentos que serão usados no combate à dengue no próximo verão
A dengue já matou 133 pessoas no Estado do Rio desde o início do ano. A capital fluminense tem o maior número de mortes, 51. Depois vêm os municípios de Duque de Caxias, com nove óbitos, e Nova Iguaçu, com oito.

De acordo com o relatório divulgado nesta quarta-feira (19) pela Secretaria Estadual de Saúde, no período de 2 de janeiro a 15 de outubro, foram notificados 161.315 casos da doença.

Leia também: Rio pode ter a maior epidemia de dengue da história, diz Eduardo Paes

Apesar da tendência de queda nos casos notificados nos últimos meses em todas as regiões do estado, o Rio pode ter uma epidemia de dengue no próximo verão, com a entrada dos quatro tipos de vírus.

Segundo o capitão do Corpo de Bombeiros, Daniel Barcelos, coordenador executivo das ações contra a dengue da Defesa Civil Estadual, “para o próximo verão os quatro tipos de vírus estarão circulando com a carga total”. Para ele, a melhor forma de a gente combater o mosquito Aedes aegypti é fazendo a eliminação dos focos dentro de casa”.

De acordo com ele, a experiência da própria população acabar com os focos do mosquito foi usada com sucesso em Cingapura e no Paraguai, e o Rio está também adotando a medida.

    Leia tudo sobre: dengueaedes aegypti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG