Cúpula da PRF do Rio de Janeiro é afastada por suspeita de crime

Superintendentes são suspeitos de corrupção, prevaricação e formação de quadrilha e falsidade ideológica

AE |

selo

A cúpula da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Rio de Janeiro foi afastada nesta sexta-feira durante uma operação realizada pela Polícia Federal (PF). Os superintendentes da PRF são suspeitos de usar o cargo público para fins eleitorais, corrupção, prevaricação e formação de quadrilha, além de falsidade ideológica, segundo a PF.

A Operação Cebus Apella (nome científico do Macaco-Prego) tem o objetivo de cumprir 15 mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão preventiva, sendo dois contra policiais rodoviários federais, expedidos pela 1ª Vara Federal Criminal fluminense.

    Leia tudo sobre: PRFoperação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG