Crimes em queda no Rio após ocupação do Complexo do Alemão

Secretaria de Segurança registra redução de homicídios e roubos, e acredita que o fim de QG de traficantes influenciou

iG Rio de Janeiro |

Levantamento parcial do Instituto de Segurança Pública (ISP), realizado logo após a ocupação pela polícia do Complexo do Alemão, apontou queda nas ocorrências feitas

em 117 delegacias da Região Metropolitana do Rio.

O estudo compara os registros realizados entre os dias 1º e 21 de dezembro com o mesmo período de 2009. O roubo de veículos caiu de 995 para 689 casos, uma redução de 30,8%. O índice de homicídio doloso também caiu, 14,1% (270 contra 232 casos neste mês).

A Secretaria Estadual de Segurança Pública acredita que se a redução dos crimes for mantida até o fim do mês será possível chegar ao menor índice da série histórica, desde 1991, quando foram contabilizados 359 casos em dezembro.

Roubos a estabelecimentos comerciais também tiveram redução de 17,6%, queda de 38 casos (216 no ano passado contra os 178 registrados agora). Assaltos a residência também caíram: o índice ficou menor em 43,5% (87 casos em 2009 e 57 em 2010).

A Secretaria de Segurança Pública acredita que a ocupação dos Complexos do Alemão e da Penha tenha provocado reflexos na redução dos crimes. Dias depois da ocupação, o secretário José Mariano Beltrame lembrou que a região servia de esconderijo dos bandidos e que as motos que foram apreendidas no lugar eram usadas para praticar boa parte dos roubos.

Mortes em confronto com a polícia também caem

O levantamento do ISP também revela queda no número de mortes durante confronto com a polícia (classificadas como autos de resistência). A redução foi de 42%. Em números absolutos representam 49 casos nas primeiras semanas de 2009 contra 28 contabilizados desde o início do mês.

No início da semana, a Secretaria de Segurança Pública do Rio anunciou que premiará por meio de uma gratificação de até R$ 3 mil os policiais que conseguirem reduzir o número de mortes em confronto.

    Leia tudo sobre: redução de crimesrio de janeirohomicídioisp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG