Corpo de propagandista morto com namorada é enterrado

Leandro Rodrigues foi assassinado ao lado da namorada, a dentista Adriana de Araújo, na madrugada de quinta-feira (31)

iG Rio de Janeiro |

O corpo do propagandista Leandro Martins Rodrigues, de 27 anos, foi enterrado por volta das 11h desta sexta-feira (1º), no cemitério de Inhaúma, no subúrbio do Rio. Ele e a namorada, a dentista Adriana Lisboa Vieira de Araújo, de 32 anos, foram assaltados e assassinados com vários tiros em Realengo, na zona oeste do Rio, na madrugada de quinta-feira (31). Antes de morrer, Leandro também teria sido  obrigado a participar de um assalto.

De acordo com a polícia, o propagandista voltava de um jantar com amigos de Adriana e dirigia um carro, modelo Honda Civic, quando foi interceptado por pelo menos dois homens armados no bairro de Realengo. Neste momento, o Leandro falava ao telefone com um primo que escutou o casal sendo abordado e acionou a polícia.

Enquanto a dentista era mantida refém dentro do veículo, os bandidos teriam obrigaram Leandro a assaltar os moradores de uma casa, localizada no bairro Bangu, também na zona oeste. Leandro foi apontado pelos residentes dessa casa como um dos assaltantes.

Após esse assalto, os criminosos teriam, então, assassinado o casal com vários tiros e incendiado o carro roubado a cinco quilômetros de distância do local de onde os corpos foram encontrados. A ação, entre o sequestro e a morte, teria durado cerca de 40 minutos.

O corpo da dentista foi enterrado na tarde dessa quinta-feira (31). Agentes da Divisão de Homicídios (DH), da Barra da Tijuca, na Zona Oeste, ainda não têm pistas dos assassinos.

    Leia tudo sobre: violênciaassaltozona oeste

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG