Mãe do compositor Chico Buarque será cremada no início da tarde com presença prevista do presidente Lula

O corpo de Maria Amélia Buarque de Hollanda, mãe do compositor Chico Buarque, será cremado no início da tarde de amanhã, no Rio de Janeiro, com presença prevista do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do arquiteto Oscar Niemeyer. A despedida da viúva do historiador Sérgio Buarque de Hollanda e uma das fundadoras do PT será na capela 1 do Cemitério Memorial do Carmo, no Caju, zona portuária do Rio.

Maria Amélia tinha 100 anos e morreu dormindo, na quinta-feira. Chamada de Memélia, apelido que ganhou da neta Bebel Gilberto, foi velada no apartamento em que morava, na Avenida Atlântica, em Copacabana. Apenas familiares e Frei Betto participaram. Maria Amélia teve sete filhos, 14 netos e 14 bisnetos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.