Corpo de juíza assassinada é enterrado em Niterói

Patrícia Acioli foi morta a tiros no final da noite de quinta-feira (11)

iG Rio de Janeiro |

Domingos Peixoto / Agência O Globo
Corpo da juíza Patrícia Lourival Acioli foi enterrado no cemitério do Maruí, em Niterói
O corpo da juíza Patrícia Lourival Acioli foi enterrado na tarde desta sexta-feira (12) no cemitério do Maruí, no município de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A magistrada foi assassinada no final da noite de quinta-feira (11) quando chegava em sua casa, no bairro de Piratininga, no mesmo município.

Em nota divulgada nesta tarde, a Secretaria de Estado de Segurança do Rio informou que não será necessária a participação da Polícia Federal nas investigações sobre o crime. Mais cedo, a PF informou que estava à disposição das autoridades fluminenses após determinação dada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

A investigação do crime está a cargo da Divisão de Homicídios da Polícia Civil. Em entrevista à imprensa, o delegado Felipe Ettore disse que Patrícia Acioli levou 21 tiros de pistolas calibres 40 e 45.

Domingos Peixoto / Agência O Globo
Mãe da juíza assassinada, Marli Acioli, se emociona durante o enterro

    Leia tudo sobre: juíza assassinadasão gonçalo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG