Corpo de bebê desaparece em hospital do Rio

Registro policial foi feito neste domingo, mas corpo de recém-nascida sumiu na quinta-feira, dois depois de a criança morrer

iG Rio de Janeiro |

O corpo de uma recém-nascida desapareceu do Hospital das Clínicas de Niterói (HCN), na região metropolitana do Rio. A unidade  registrou a ocorrência neste domingo (2), na 76ª DP (Niterói). O sumiço, no entanto, ocorreu na última quinta-feira (29). Além de prestar queixa, o hospital instaurou uma sindicância interna, que deve apresentar um relatório em 15 dias com o esclarecimento do fato.

Em nota divulgada pelo HCN, o bebê nasceu com “prematuridade extrema” no dia 21 de setembro. A mãe estava na 30ª semana da gestão e a criança pesava apenas 490 gramas. Após o parto o bebê foi internado na UTI Neonatal, onde permaneceu por seis dias até morrer. Dois dias depois, o corpo  desapareceu do necrotério hospitalar que, segundo a direção do hospital, fica em uma "área de controle restrito".

No documento, a direção da unidade informou a intenção de instalar câmeras de segurança no corredor do necrotério. O texto ressaltou que nunca foi registrado fato como esse no hospital. “Em 20 anos de história de prestação de serviços de saúde, o HCN nunca registrou nenhum fato semelhante. Pois, além do extremo compromisso com a vida humana, o hospital tem um grande respeito pela finitude da vida, quando esta ocorre”.

A direção também afirmou lamentar o que aconteceu. “Além de lamentar profundamente te o ocorrido se solidariza com a família e se compromete em não envidar esforços para esclarecer os fatos e punir os envolvidos".

    Leia tudo sobre: corpo de bebêdesaparecehospitalRio de Janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG