Coronel Djalma Beltrami recebe habeas corpus e é solto

Comandante e árbitro de futebol acusado de receber propina de traficantes foi solto durante a madrugada

iG Rio de Janeiro |

O tenente-coronel Djalma Beltrami , comandante do 7º BPM (São Gonçalo), no Rio de Janeiro, preso na última segunda-feira, foi solto na madrugada desta quarta-feira.

Segundo a Polícia Civil, Beltrami recebeu um habeas corpos durante o plantão judiciário do Tribunal de Justiça (TJ-RJ). Ele deixou o quartel-general da Polícia Militar, localizado no centro do Rio, por volta das 4h e acompanhado da mulher.

O comandante e também árbitro de futebol foi preso ao chegar ao 7.º Batalhão de Polícia Militar de Alcântara, em São Gonçalo (região metropolitana do Rio), que comandava desde agosto.

Ele e 12 integrantes do Grupamento de Ações Táticas (GAT) do 7.º BPM são acusados de receber propina de traficantes do Morro da Coruja, em São Gonçalo. Quatro traficantes também foram presos e um menor armado, apreendido.

Com AE

    Leia tudo sobre: rio de janeirodjalma beltramidezembro negro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG