Cônsul da Holanda fica ferido após derrota do Brasil na Copa

Morteiro atingiu vítima durante comemoração em hotel no Rio

Anderson Dezan, iG Rio de Janeiro |

O cônsul-geral da Holanda, Paul Comenencia, de 50 anos, ficou ferido na tarde desta sexta-feira (2) após ser atingido por um morteiro durante uma comemoração em um hotel no bairro do Leme, zona sul do Rio de Janeiro. Segundo presentes, o artefato atingiu o cônsul momentos depois da vitória da seleção da Holanda contra o Brasil por 2 x 1 pelas quartas de final da Copa do Mundo.

Testemunhas relataram que a vítima ficou levemente ferida no punho. A explosão, no entanto, causou apreensão entre os convidados. “Não sabemos de veio o morteiro. Ficamos um pouco nervosos, mas a situação foi logo controlada. A filha do cônsul chegou a chorar e depois se acalmou ao ver que o ferimento não era grave”, relatou uma das convidadas, que preferiu não se identificar.

A festa reuniu cerca de 20 pessoas entre holandeses e brasileiros. A comemoração aconteceu na cobertura do hotel e foi organizada por um grupo de holandeses que mora no Rio de Janeiro.

Procurada pelo iG , Patrícia Broers, adido cultural da Holanda no Rio de Janeiro, afirmou que tudo não passou de um acidente. "Foi só um susto. O fogo de artifício estourou perto do braço e ele teve ferimentos leves, pequenos cortes na mão e foi medicado no hotel".

Veja imagens da seleção brasileira derrotada:

    Leia tudo sobre: consul-geralholandacopa do mundo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG