Dois médicos foram presos. Uma mulher foi achada sedada em cima de uma maca

Policiais da Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro fecharam nesta segunda-feira (6) uma clínica de aborto em Vila Isabel, na zona norte da capital fluminense.

Dois médicos, uma funcionária, um segurança e duas mulheres foram presos. Uma delas havia acabado de passar pelo procedimento. Para a outra, que estava ainda sedada em cima de uma maca, houve necessidade de chamar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Foram apreendidos no local R$ 12 mil em espécie, documentos, materiais e remédios. As mulheres que estavam na sala de espera estão sendo conduzidas para prestar depoimentos como testemunhas. Os envolvidos serão levados à 19ª DP (Tijuca).

Na última quinta-feira, uma clínica de aborto já tinha sido fechada na zona sul carioca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.