Cinco táxis irregulares são lacrados no entorno do show de Paul McCartney

Motoristas que realizarem corridas com taxímetro desligado podem ser denunciados e correm o risco de perder a permissão

iG Rio de Janeiro |

Cinco táxis com irregularidades foram lacrados por fiscais da Secretaria Municipal de Transportes no entorno do Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, durante o show do cantor Paul McCartney, na noite deste domingo (22). De acordo com os fiscais, os veículos apresentavam irregularidades na documentação do automóvel e do motorista.

A secretaria informa que as pessoas que optarem por utilizar táxi no trajeto de ida e volta para a apresentação do ex-beatle na noite desta segunda-feira (23) tem o direito de exigir que as corridas sejam feitas com o taxímetro ligado. Ontem, muitas pessoas reclamavam no entorno do estádio que os taxistas cobravam valores abusivos por corridas com o aparelho desligado.

De acordo com a Secretaria Municipal de Transportes, caso isso ocorra, o cidadão deve procurar um agente de trânsito ou um fiscal da secretaria presente no local para denunciar o abuso. O usuário também pode usar a Central de Tele Atendimento da Prefeitura do Rio de Janeiro, no número 1746, que funciona 24 horas por dia. No sistema, é necessário se identificar e fornecer o máximo de informações, como local, horário da ocorrência, nome do condutor e placa do veículo.

Nos últimos dois meses, 20 taxistas tiveram suas permissões cassadas pela Prefeitura do Rio por cobrarem valores abusivos em corridas com o taxímetro desligado. Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, a maior parte dos flagrantes ocorreu em pontos turísticos da capital fluminense, como o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor.

    Leia tudo sobre: táxistaxímetrofiscalizaçãoirregularidadetransportes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG