Choque de ordem nas praias cariocas volta com novidades neste verão

Número de reboques e fiscais aumentou; churrasquinhos e partidas de frescobol e "altinha" seguem com restrições

iG Rio de Janeiro |

Cláudia Dantas
Garotos jogam "altinha" na praia de Ipanema. Partidas à beira-mar agora só depois das 17h

Implantada no verão do ano passado, a Operação Choque de Ordem nas Praias está de volta às areias cariocas. E com novidades. Para esta temporada, a Prefeitura do Rio aumentou o número de reboques – 56, contra os 26 de 2009 – para reprimir o estacionamento irregular na orla e equipou todos os veículos com câmeras e aparelhos GPS.

As inovações da operação – iniciada no dia 8 de dezembro – não param por aí. O número de fiscais nas areias também foi reforçado. Durante a semana, 160 agentes – eram 143 no ano passado –, entre guardas municipais e funcionários da Secretaria Municipal de Ordem Pública, realizam rondas nas praias para combater infrações. Nos finais de semana, dias de maior movimento, o número sobre para 189.

As regras aplicadas no último verão continuam valendo. Partidas de frescobol e “altinha” à beira-mar só estão liberadas após as 17h. Fora deste horário, as disputas ficam limitadas à faixa de areia próxima ao calçadão. Se a norma não for respeitada, raquetes e bolas serão apreendidas e o banhista poderá ser levado à delegacia por crime de desobediência.

Os alimentos feitos na hora na areia, como queijo coalho, camarão frito e churrasquinho, também seguem proibidos. De acordo com a Prefeitura do Rio, o último verão teve como saldo 140 bolas apreendidas, 68 pessoas detidas e quase 10 mil carros rebocados na orla.

    Leia tudo sobre: praiasverãorio de janeirochoque de ordem

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG