Cerca de 50 traficantes tentam invadir favela na zona norte do Rio

Houve intenso tiroteio e dois moradores foram atingidos por balas perdidas. Confronto ocorreu no Complexo da Maré

iG Rio de Janeiro |

Cerca de 50 traficantes armados com fuzis e pistolas tentaram invadir na madrugada desta quarta-feira (14) a comunidade Nova Holanda, no Complexo de Favelas da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. Houve intenso tiroteio e dois moradores acabaram atingidos por balas perdidas, entre eles um adolescente de 16 anos. Ambos não correm risco de morte.

Segundo a Polícia Militar, os invasores seriam da comunidade Vila dos Pinheiros, que também fica na Maré. De acordo com a corporação, os bandidos das duas favelas, que pertencem à facções criminosas rivais, teriam firmado um pacto no último fim de semana de permitir que os moradores transitassem entre as duas comunidades livremente.

Entretanto, o acordo teria sido desfeito no início da semana quando os traficantes da Nova Holanda teriam agredido dois moradores da Vila dos Pinheiros que circulavam pelo seu reduto.

Com isso, os bandidos da Vila dos Pinheiros tentaram invadir a comunidade rival. O tiroteio ocorreu por volta das 3h. Para acabar com o confronto, a PM enviou para o local três veículos blindados, conhecidos como caveirão.

A Nova Holanda está ocupada nesta tarde por cerca de 60 PMs. Pela manhã, duas granadas foram encontradas na localidade e um suspeito foi preso com um fuzil. Por medo de novos tiroteios, comerciantes da rua Teixeira Ribeiro, a principal da comunidade, fecharam as portas.

Luto forçado

Algumas lojas que ficam nas imediações do morro do Urubu, em Pilares, na zona norte da capital, estão fechadas desde o início da manhã. Segundo a PM, o motivo seria um luto forçado pela morte do chefe do tráfico no local, conhecido como Fefo, em um confronto com policiais ontem.

    Leia tudo sobre: guerratráficoRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG