Centro de Operações será inaugurado no Réveillon

Centro vai monitorar principais pontos da cidade através de câmeras

iG Rio de Janeiro |

Agência O Globo
Centro de Operações irá integrar cerca de 30 órgãos municipais e concessionárias

Nesta segunda-feira (27) foram apresentadas as instalações do Centro de Operações Rio - local que irá integrar cerca de 30 órgãos municipais e concessionárias com o objetivo de coordenar o funcionamento de emergências na capital fluminense.

O investimento na construção do Centro foi de mais de R$ 10 milhões e vai ser inaugurado na próxima sexta-feira, com a presença do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge.

O Centro está localizado na Cidade Nova, na região central da cidade, e funcionará 24h, todos os dias,  com o objetivo de interconectar informações de todos os órgãoes envolvidos, garantindo respostas mais rápidas na rotina da cidade e em situações de crise. Mais de 100 câmeras espalhadas na cidade irão ajudar no trabalho.

A decisão de construir o prédio foi tomada depois das fortes chuvas de abril que alagaram a cidade.

Entre os órgãos municipais que participam do projeto, estão a Defesa Civil, CET-Rio, Geo-Rio, Rio Águas, Rioluz, Guarda Municipal, Comlurb, Secretarias Municipais de Ordem Pública, de Conservação, de Saúde, de Assistência Social, de Meio Ambiente, de Educação, de Habitação e Riotur.

Além disso, também estão integrados ao projeto a CEG, a Cedae, a Light, o Metrô, a Supervia, a Rio Ônibus, a Ponte Rio – Niterói e a Lamsa.

    Leia tudo sobre: centro de operaçõesrio de janeirochuvas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG