Missas estão sendo realizadas de hora em hora no local

Pessoas prestam homenagens aos parentes mortos no cemitério do Caju
Agência Estado
Pessoas prestam homenagens aos parentes mortos no cemitério do Caju

Cerca de 800 mil pessoas devem visitar o cemitério do Caju, na zona portuária do Rio, neste Dia de Finados. Esse é o maior cemitério da capital fluminense e o movimento no local teve início por volta das 6h.

De acordo com a administradora Santa Casa de Misericórdia, o cemitério ficará aberto até que o último visitante deixe o local. Missas em homenagem aos mortos estão sendo celebradas de hora em hora.

Pela manhã, às 8h, o arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, presidiu uma missa no local. O religioso celebrou ainda uma cerimônia ao meio-dia no cemitério São João Batista, em Botafogo, na zona sul, e irá presidir outra no cemitério de Santa Cruz, na zona oeste, às 16h.

Cerca de 340 guardas municipais atuam nos cemitérios do Rio neste feriado no ordenamento do trânsito e no controle urbano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.