CEG é multada em R$ 2,5 milhões por explosão de bueiro que feriu americanos

Caso ocorreu em 29 de junho do ano passado. Casal de turistas sofreu ferimentos graves

iG Rio de Janeiro |

A Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio (Agenersa) multou nesta quarta-feira (30) a Companhia Distribuidora de Gás do Rio de Janeiro (CEG) em aproximadamente R$ 2,5 milhões pela explosão de um bueiro da Light em Copacabana, na zona sul carioca, que deixou um casal de turistas americanos gravemente ferido. A concessionária tem cinco dias para recorrer da decisão.

Leia também : Explosão de bueiro fere turistas americanos em Copacabana

A explosão ocorreu por volta das 10h30 do dia 29 de junho do ano passado, em uma câmara subterrânea da Light na rua República do Peru, esquina com a avenida Nossa Senhora de Copacabana.

Iniciado por um curto circuito nas fiações da Light, o acidente foi agravado pela presença de gás natural em quantidade explosiva. Com a explosão, a tampa do bueiro, de 350 kg, voou e as labaredas feriram gravemente o casal de turistas americanos que passava a pé pelo local.

A CEG foi considerada culpada porque após 24 horas e até 72 horas após o acidente foi detectada presença de gás em nível explosivo no local, segundo informação do laudo do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) da Polícia Civil.

    Leia tudo sobre: explosão de bueirosRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG