Carro que atropelou Rafael Mascarenhas estava a 100 km/h, diz polícia

Filho de Cissa Guimarães morreu atropelado enquanto andava de skate em túnel

iG Rio de Janeiro |

A perícia feita por peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) no carro de Rafael Bussamra apontou que o automóvel estava a uma velocidade de aproximadamente 100 km/h quando atropelou Rafael Mascarenhas, filho da atriz Cissa Guimarães. O laudo foi entregue nesta segunda-feira à delegada da 15ª DP (Gávea), Bárbara Lomba, responsável pelo caso, e será anexado ao inquérito.

Segundo a perícia do ICCE, as avarias encontradas no carro de Rafael Bussamra indicam que o veículo estava acima de 60 km/h. Para Bárbara Lomba, o resultado apresentado no laudo está de acordo com as investigações realizadas pela Polícia Civil. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio (CET-Rio), a velocidade máxima permitida no Túnel Acústico, local do acidente, é de 70 km/h.

Rafael Mascarenhas, de 19 anos, morreu atropelado no último dia 20 de julho enquanto andava de skate e uma das galerias do túnel que estava interditada para obras. Rafael Bussamra disse em depoimento que não sabia da interdição no tráfego e que foi abordado por policiais militares na saída da via, quando teria sido vítima de extorsão.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG