Carro explode após ataque em Cavalcanti, zona norte do Rio

Testemunhas disseram que rapaz, aparentando ser menor de idade, ateou fogo em automóvel

Anderson Ramos, especial para o iG |

Um carro explodiu na manhã desta quarta-feira na rua Eraldo dos Santos Araújo, em Cavalcanti, na zona norte do Rio de Janeiro. Segundo testemunhas, um rapaz, aparentando ser menor de idade, se aproximou em uma moto por volta das 8h40 e usou gasolina para atear fogo no veículo, uma Paraty cinza. Bombeiros conseguiram combater as chamas. O taxista Orlando Júnior, de 30 anos, estava saindo para trabalhar quando viu o suspeito na motocicleta. De acordo com ele, a ação foi muito rápida.

Anderson Ramos
Bombeiros combateram as chamas no carro que explodiu após pegar fogo
"Eu não trabalho mais de noite. E agora não vou mais trabalhar de dia. Vale mais a minha vida", disse Orlando ao iG . O proprietário do automóvel, que não quis se identificar, afirmou que decidiu não sair com o veículo nesta quarta-feira com medo de ser atacado. Por isso, deixou ele estacionado na frente de casa.

Mais cedo, bombeiros do quartel da Penha foram acionados para combater incêndio em um ônibus na avenida Vicente de Carvalho, na altura de Vila Kosmos, zona norte do Rio de Janeiro.

Segundo testemunhas, por volta das 7h30, dois homens obrigaram os passageiros a descerem e, usando jornais e gasolina, atearam fogo no coletivo da viação Três Irmãos. O representante comercial Márcio Aurélio mora em frente ao local do crime e disse que desistiu de ir trabalhar.

"Ontem já tive dificuldades de passar por alguns locais como Manguinhos e Jacarezinho. A gente está assustado né? Nós vamos para onde agora? Está acontecendo na frente da nossa casa agora. Como que eu vou trabalhar na situação que se encontra o Rio de Janeiro?".

Tem mais informações sobre os ataques no Rio? Envie fotos, vídeos e relatos para o Minha Notícia

    Leia tudo sobre: incêndio em carroviolênciaarrastões

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG