Carona que estava com atropelador irá prestar novo depoimento

Polícia quer esclarecer como foi abordagem de policiais militares que liberaram Rafael Bussamra

iG Rio de Janeiro |

A polícia chamou novamente André Leal, o jovem que estava no banco de carona do carro dirigido por Rafael Bussamra, que atropelou o músico e filho da atriz Cissa Guimarães, para prestar um novo depoimento na tarde desta terça-feira(27), na delegacia da Gávea (15ºDP).

O intuito, segundo a polícia, é esclarecer como foi a abordagem feita pelos dois policiais militares acusados por Roberto Bussamra, pai do atropelador, de pedir propina.

A corregedoria da Polícia Militar pediu nesta segunda (26) a prisão preventiva dos dois PMs.

Por enquanto, eles estão presos administrativamente no batalhão onde trabalham.

Também nesta terça (27), às 19h30, irá acontecer a missa de sétimo dia de Rafael Mascarenhas na Igreja Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, na Zona Sul do Rio.

    Leia tudo sobre: propinapolíciarafael mascarenhas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG