Ele passou mal após um treinamento no dia 24 de setembro

Onze dias dias depois de ter se sentido mal após um exercício de terreno na Academia Militar das Agulhas Negras do Exército (Aman), em Resende, no Sul Fluminense, o cadete Renan Mendonça Borges Gama, de 23 anos, aluno do 3º ano do curso de Artilharia, teve morte cerebral diagnosticada na última terça-feira (4), de acordo com nota divulgada pela instituição nesta quarta-feira (5).

O Comando da Aman abriu um procedimento administrativo para apurar o fato.

Após se sentir mal no dia 24 de setembro, Renan foi encaminhado para o Hospital Escolar da Aman e, em seguida, para a UTI de um hospital em Resende.

Nesta unidade, o cadete foi submetido a exames onde ficou constatado um comprometimento dos sistemas hepático e renal, além de focos infecciosos pulmonares.

Na época em que o jovem foi internado, os médicos cogitaram as hipóteses de leptospirose ou febre maculosa (causada pela picada de um carrapato) já que o rapaz apresentou sintomas parecidos para as três doenças como febre, náuseas, vômitos, dores musculares e dores de cabeça.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.