Bueiro explode em avenida de Ipanema

Galeria subterrânea pertence à Light. Houve deslocamento de tampa. Ninguém se feriu. Empresa diz que furto de cabos foi a causa

iG Rio de Janeiro |

Márcia Foletto/Agência O Globo
Bueiro da Light que explodiu e deslocou a tampa de aço em Ipanema
Um bueiro que pertence à concessionária Light explodiu no início da tarde desta sexta-feira (19) na esquina da avenida Vieira Souto com a rua Paul Redfern, em Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro.

Em nota, a empresa informou que houve deslocamento da tampa de aço e saída de fumaça em uma de suas galerias subterrâneas por onde passam cabos de baixa tensão. Ninguém se feriu. Devido ao incidente, algumas residências ficaram sem energia elétrica.

A concessionária acrescentou que, após vistoria em caixa subterrânea que apresentou problemas e em outras próximas, verificou o furto de mais de 300 metros de cabos de cobre.

Para a companhia, o furto dos cabos provocou sobrecarga e, conseqüentemente, o aquecimento excessivo da rede elétrica que atende a localidade, sendo esta a causa da ocorrência de fumaça e levantamento da tampa do bueiro.

A Light informou que continua trabalhando no local para repor os cabos furtados e normalizar o fornecimento de energia para três prédios nestas ruas. Durante a execução dos serviços, serão utilizados geradores para suprir os edifícios em questão.

Segundo a concessionária, o furto e o vandalismo fragilizam a rede de distribuição, impactam na qualidade do fornecimento e prejudicam o consumidor com interrupções no fornecimento de energia elétrica, além de contribuírem para o aumento do risco de acidentes. Somente ao longo do ano de 2010, aproximadamente 30 mil metros de cabos e cordoalhas – usadas para aterramento - foram furtados do sistema da Light.

A Light vem adotando uma série de medidas para diminuir os impactos da clandestinidade, como a ampliação do volume de recursos e o monitoramento de toda a rede, além da intensificação da implantação de novas tecnologias. Outra ação é a atuação, em parceria com a Polícia Civil, para inibir a prática de atos de vandalismo, de furto de energia e de equipamentos que prejudicam a qualidade do serviço.

No inicio desta semana, em menos de 48 horas, policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) prenderam em flagrante sete funcionários de uma empresa terceirizada prestadora de serviços que furtavam cabos de cobre da rede da Light. Foram duas operações desencadeadas após denúncias recebidas pela Light sobre atuação suspeita de funcionários terceirizados.

A companhia solicita o apoio da população para que, ao verificar qualquer movimentação estranha próxima à rede elétrica da companhia, informe a empresa por meio do Disque-Light Emergência, que funciona 24h por dia no número 0800-021-0196.

    Leia tudo sobre: explosão bueirosRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG