Sobe para 13 número de mortos em desabamento de prédios no Rio

Apenas cinco das 13 vítimas já foram identificadas

Anderson Dezan e Mariana Sant'Anna, iG Rio de Janeiro |

Mariana Sant'Anna
Cartaz colocado pela Defesa Civil aponta corpos encontrados
Subiu para 13 o número de mortos no desabamento de três prédios ocorrido na noite de quarta-feira (25), no centro do Rio de Janeiro.

Das 13 vítimas, seis são mulheres, quatro homens e três ainda não tiveram o sexo confirmado. Um dos corpos estava carbonizado. Ainda há desaparecidos, mas o número ainda é incerto.

A 13° vítima foi encontrada em meio aos escombros retirados do local, em um depósito da Comlurb .

Os bombeiros trabalham no local e esperam encontrar outros corpos de pessoas que provavelmente tentaram descer correndo pelas escadas do primeiro prédio que desabou. 

Entenda o caso : Três prédios desabam no centro do RJ

Dos corpos já retirados, cinco vítimas já foram identifcadas. São eles: Nillson de Assunção Ferreira, 50 anos; Margarida Vieira de Carvalho, de 65 anos; Cornélio Ribeiro Lopes, de 73 anos; Celso Renato Braga Cabral, de 46 anos; e Alessandra Alves Limas, de 29 anos. 

Celso Cabral foi enterrado em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, no início da manhã dessa sexta-feira. O enterro de Cornélio Lopes está previsto para esta tarde. Os outros corpos permanecem no IML (Instituto Médico Legal), na Leopoldina.

O reconhecimento do corpo de Alessandra Lima foi facilitado pois perto do seu corpo estava a sua bolsa, com a identidade. 

O marido de Alessandra conversava com ela através de uma rede social no momento do desabamento. Após o acidente, a conexão foi perdida e os dois não mantiveram mais contato.

Os bombeiros encontraram ainda, no meio dos entulhos, a identidade de Édson de Oliveira Menezes, de 31 anos.

    Leia tudo sobre: corposdesabamentoprédios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG