Bombeiros acampam em frente à Assembleia Legislativa do Rio

Manifestantes pedem aumento salarial e libertação de militares

Agência Brasil |

Agência Estado
Bombeiros estão acampados em ato de protesto em frente à Alerj desde domingo
Cerca de 30 homens do Corpo de Bombeiros passaram a madrugada desta segunda-feira (6) acampados em frente à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), em mais um ato de protesto.

André Teixeira/Agência O Globo
Bombeiros ocuparam o quartel-general da corporação na noite de sexta-feira (3)
A categoria, que reivindica aumento de salário e melhores condições de trabalho, também pede a libertação dos 439 militares que foram presos após invadirem o quartel central da corporação, no centro da cidade, no fim de semana.

Em nota oficial divulgada no domingo (5), o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, voltou a repudiar o ato, classificando a entrada à força na unidade como “um gesto de imensa irresponsabilidade” .

Também no domingo, um grupo de aproximadamente 50 bombeiros realizou nova manifestação, caminhando em uma das faixas da Ponte Rio-Niterói. O grupo, que carregava faixas e cartazes, desceu de um ônibus e iniciou a marcha na altura do vão central.

Após cerca de dez minutos, o protesto foi interrompido com a chegada de um veículo da concessionária responsável pela via. O grupo seguiu viagem no coletivo.

Nesta segunda-feira (6), representantes da Associação de Soldados e Cabos do Corpo de Bombeiros , se reúnem na sede da entidade para analisar em que crimes os 439 bombeiros foram enquadrados e que medidas serão tomadas para soltar os militares presos.

Assista ao vídeo sobre a manifestação dos bombeiros:  

Caso não consiga ver este vídeo, clique abaixo para assistir na TV iG:

Sérgio Cabral considerou necessária a ação do Bope

    Leia tudo sobre: corpo de bombeirosbombeirosgrevemotiminvasão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG