Médico que passava pelo local conseguiu salvar o bebê que está na CTI

Uma grávida de 7 meses, identificada como Alexandra da Silva, de 25 anos, morreu após ser atropelada e ter ficado imprensada entre dois ônibus na manhã desta sexta-feira (28) na rua Cardoso de Moraes, em Bonsucesso, zona norte do Rio de Janeiro.

O médico cirurgião-geral Fabrício Carlos de Miranda passava pelo local e fez os primeiros socorros ao bebê, que foi expulso da barriga com o impacto da colisão.

O bebê está internado na CTI do Hospital Geral de Bonsucesso. De acordo com a assessoria do Ministério da Saúde, ele é um menino e nasceu com 1,1kg, sem fraturas. Seu estado de saúde é estável.

O caso está sendo registrado na 21ª DP (Bonsucesso), onde os motoristas prestam depoimento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.